# CHALLENGE2

GIULIANO ROSSINI

Memories Gallery

This challenge purposed  for everyone to go back a little in our pre-pandemic life, and register their greatest longing!

It could be in the form of photography, drawing, painting, tiktok, poem, text, quote, music, playlist, video, sculpture ... and any form of art that is within you.

Connect  to what our artists shared:

olharte 5.jpeg

"O melhor lugar do mundo, é dentro de um abraço."

Novembro de 2014

olharte 3.jpeg

Riviera

 06.02.20

GIOVANA VALIM

olharte.jpeg
olharte 2.jpeg

GIOVANA VALIM

GIOVANA VALIM

Projeto Aprender 

12.08.19

Largo da Batata 

19.01.20

olharte 66.jpeg

MARIAH SALLES

olharte 7.jpg

RAFAELA FIORETTO

19.02.2020

olharte 9.jpg

LEDAMARIA

olharte 10.jpeg

01.07.2019

FELIPE ASSEF

LAÍS TÂMEGA

olharte 8.jpg

Parecia que sabiamos

Que no dia seguinte

Todo o nosso mundo 

Juntos

Iria ruir

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Porque no dia quinze

Nós amamos como dois loucos

Tão intensos e fundos

Tão ardentes

Como se realmente

'O mundo acabasse hoje

E nós estivessemos dançando'

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

E seu cheiro

Não está mais na minha blusa

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Seu sorriso

Não é mais ao vivo

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Mas em minha mente

Tudo é tão quente

Tão intenso

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Como se fosse dia quinze de novo

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

E te sinto no peito

Ando pelo teu quarto

que te fiz aqui dentro

Saudosista,

Lembrando de tudo que vivemos

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

De tudo que fomos...

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Nossa torta de maçã

Nossa praia extensa

Nosso mundo

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Nosso 'nós'.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

@gylden.panter_art

Realidade

 

Realidade… 

Uma palavra que soa tão imutável

ainda que tão facilmente alterada.

 

Um dia podemos estar vivendo

com um sorriso no rosto

e a alma ao vento,

e no outro,

confiados em um quarto

sem nem o dia vendo.

 

Os ponteiros continuam correndo

os meses continuam passando.

A felicidade aos poucos esvaecendo...

Nos tornamos prisioneiros do tempo.

 

Lembro do som dos carros na rua

a cidade inquieta.

De sair com os meus amigos

cambaleando após uma festa.

 

Lembro do teu abraço 

de seus braços me envolvendo 

do gosto de seus lábios

e do seu beijo lento. 

 

Lembro do teu cheiro 

aquele perfume que sempre passava

e não importa quanto o sentia

nunca me cansava. 

 

Agora tudo parece um sonho distante

como um livro que li

e guardei na estante.

 

Sinto que não sinto nada.

Aos poucos perdi o gosto pela vida

não sei se vou me recuperar,

não tenho nem vontade de sair da cama. 

Pior que eu achava que tudo daria certo.

Engraçado como a realidade engana.

-LAURA DODSWORTH